Aborto e complicações na gravidezComparadas com mulheres que levaram a gravidez até ao fim, mulheres que realizem um, dois, ou mais abortos induzidos têm respectivamente 1,89, 2,66, ou 2,03 vezes mais probabilidades de ter um nascimento precoce numa futura gravidez. Nascimentos antes do tempo aumentam o risco de morte neo-natal e deficiências. Um aborto induzido anterior não só aumenta o risco de nascimento precoce, mas também aumenta o risco de atraso no nascimento. Mulheres com um, dois, ou mais abortos induzidos têm 1,89, 2,61, e 2,23 vezes maior probabilidade de ter um nascimento pós-termo (mais de 42 semanas) numa gravidez futura. (1)

Em 2003 dois investigadores publicaram um estudo, baseado em 49 estudos diferentes realizados até à data, que mostra um risco significativo de nascimentos prematuros em mulheres que realizaram no passado aborto induzido. (2)

1. Zhou, W.J., Sorensen, H.T. and Olsen, J. (1999). Induced abortion and subsequent pregnancy duration. Obstetrics and Gynecology 94(6):948-953.

2. Rooney, B. and Calhoun, B.C. (2003). Induced Abortion and Risk of Later Premature Births. Journal of American Physicians and Surgeons 8(2):46-49.

(Agradecemos a M. D. Mateus a autorização para publicar na Aldeia este seu trabalho)